Saiba como é feita a limpeza de pele profissional

Uma pele lisinha, limpa e livre de sinais de acne. Essas palavras resumem um desejo seu? Então a limpeza de pele profissional pode ser a ferramenta ideal para realizá-lo. Responsável por renovar e higienizar a pele do rosto, o procedimento elimina as células mortas, deixando-a revigorada e saudável.

Há algum tempo, diversas alternativas caseiras vêm sendo utilizadas para tal finalidade. No entanto, o procedimento, quando realizado por um profissional, tem o seu diferencial. Que tal descobrir qual é?

Qual é a diferença entre limpeza de pele profissional e caseira?

A limpeza feita em casa, além de receitas caseiras, envolve etapas que visam a esfoliação e a tonificação. Embora eficaz, é considerada um quebra-galho, pois não leva em conta o tipo de pele e outros detalhes que um especialista é capaz de identificar.

Já a limpeza realizada por um profissional costuma seguir os seguintes passos:

  1. Limpeza: uma loção higienizante é aplicada na pele com movimentos circulares para melhor uniformização do produto;
  2. Esfoliação: um creme com microesferas é aplicado no rosto com o objetivo de retirar células mortas;
  3. Tonificação: o produto é aplicado com um pincel para regularizar o pH da pele, deixando-a preparada para a próxima etapa;
  4. Abertura dos poros: envolve a aplicação de vapor (de ozônio) para facilitar a remoção de cravos e impurezas presentes na pele. Além disso, promove o aumento da circulação sanguínea da região;
  5. Extração de cravos e miliuns: são removidos de forma manual e com o auxílio de extrator ou até mesmo de microagulhas no caso de miliuns;
  6. Cauterização: após a extração, um aparelho de alta frequência é utilizado para evitar inflamações nas regiões manipuladas;
  7. Aplicação de máscara: o produto, específico para cada tipo de pele, é aplicado para aumentar a eficácia do tratamento e, caso haja vermelhidão excessiva, opta-se pela máscara calmante;
  8. Aplicação de filtro solar: depois do procedimento, a pele fica mais sensível, exigindo mais proteção. A aplicação, portanto, evita o surgimento de manchas e protege dos danos do sol.

Resumindo: a diferença entre as duas é o cuidado. No procedimento realizado por um profissional, por trás de toda a técnica há também uma preocupação em oferecer o melhor para cada tipo de pele.

Quais os benefícios do procedimento feito por um profissional?

1. Reequilibra o pH da pele

Com o pH equilibrado, a pele fica mais firme, hidratada e o sistema de proteção da pele melhora, condições essenciais para uma aparência jovem.

2. Previne o envelhecimento

Afinal, a limpeza de pele elimina as células mortas, controla a oleosidade e aumenta a permeabilidade cutânea, aspectos são fundamentais para uma pele saudável.

3. Desobstrui os poros

Oleosidade, células mortas e resíduos são os principais causadores de obstrução nos poros. Sendo a limpeza um procedimento que visa justamente controlar esses fatores, o resultado é a desobstrução.

4. Promove a renovação celular

O que é consequência da estimulação da circulação, que permite maior absorção dos ativos utilizados nos tratamentos.

Com que frequência devo realizá-lo?

O ideal, para manter os benefícios, é fazer o procedimento a cada 30 ou 40 dias, exceto nos casos em que há uma produção exacerbada de sebo, como na adolescência e diante de alterações hormonais. Nesses casos, a indicação é de um intervalo de 15 dias até o retorno do equilíbrio da pele.

Esse período tem relação com o acúmulo de impurezas e também com a renovação da pele, que se dá mais ou menos nesse intervalo de tempo.

Como manter os resultados?

Basicamente, com uma rotina de cuidados com o rosto. A higienização, por exemplo, é um fator importante para manter os benefícios, combinado com a esfoliação.

Assim, basta ter em casa um kit de cuidados com produtos específicos. O ideal é conversar com o profissional que realizou o procedimento a fim de receber orientações.

Diariamente, a nossa pele do rosto sofre com o sol, alterações hormonais, poluição, etc. Todos provocam danos na pele, os quais podem ser amenizados e/ou evitados com uma limpeza de pele profissional. Vale lembrar que, em casos mais graves, o acompanhamento médico deve complementar o tratamento.

Agora que você conhece os benefícios da limpeza profissional, certamente está cogitando a ideia de torná-la um hábito. Então, que tal entrar em contato e saber mais sobre o procedimento?

 

Sem Comentários

Cancelar