Imunidade

 

Queixas sobre “baixa imunidade” são recorrentes dentro do consultório e a partir dela, começa a se mapiar as possíveis causas de um paciente estar frequentemente doente. Portanto, falar sobre esse tema e desenhar uma conduta única é algo difícil, pois há várias possíveis complicações ligadas a este ponto, como: estresse, deficiências nutricionais, alteração de microbiota, entre outros pontos.

Para se chegar a causa desta queda de imunidade é necessário um anamnese criteriosa (exames laboratoriais, análise de sinais e sintomas), para detectar outros sintomas que também podem estar relacionados a esta desordem ou que auxiliem descartar algumas possibilidades.

Evidencias cientificas,  pars auxiliam a detectar os nutrientes relacionados a esta resposta do nosso corpo, como:  Selênio, zinco, Vitamina c, Ferro, Ácido fólico, etc. Este ajuste, também é individualizado, através de alimentos OU suplementação. Deixo uma dica de refeição na qual contempla, boa parte destes nutrientes: arroz, feijão, couve refogada, uma laranja picada e de sobremesa chocolate amargo.

Outras condutas estão relacionadas a imunidade, como amenizar a ansiedade e estresse do paciente, que podem ser tratadas através de técnicas de respiração, meditação e dependendo do caso, fitoterápicos, com esta finalidade. Portanto, o importante é entender que há solução e procurar um profissional capacitado para lhe auxiliar!

 

NUTRICIONSTA MARIANA MARTINS
CRN 11149

Sem Comentários

Cancelar