Entenda o que é a carboxiterapia e as áreas onde pode ser feita

Entenda o que é a carboxiterapia e as áreas onde pode ser feita

Um tratamento estético que vem ganhando cada vez mais destaque por conta dos bons resultados é a carboxiterapia. A técnica — que utiliza gás carbônico — é a grande aliada no combate à flacidez, celulite, estrias, gordura localizada, além de amenizar olheiras, cicatrizes e até rugas.

O procedimento promove o aumento da circulação na região da aplicação além de favorecer a produção de colágeno, o que traz firmeza para pele.

Neste artigo vamos explicar em detalhes como funciona a carboxiterapia, as áreas corporais onde a técnica pode ser feita e a importância de procurar um centro estético especializado. Acompanhe e tire todas as suas dúvidas!

O que é carboxiterapia?

É uma técnica de estética corporal e facial que consiste na aplicação de gás carbônico medicinal para melhorar o aspecto da pele. É indicada, principalmente, para os problemas que mais afligem as mulheres — como celulite, estrias vermelhas, gordura localizada e flacidez.

A carboxiterapia utiliza uma agulha fina acoplada a um cilindro com o gás para aplicá-lo no tecido subcutâneo. A profundidade da inserção e a vazão da substância vai depender do caso a ser tratado.

Se o objetivo for combater a celulite, por exemplo, a inserção ocorre entre a pele e gordura. A vantagem é que o tratamento tem ação nos 3 níveis da celulite — edema, gordura e fibrose. Já no caso da estria, a agulha é colocada dentro da cicatriz, distendendo o tecido.

O gás carbônico melhora a circulação sanguínea uma vez que leva mais oxigênio e nutrientes para a pele, o que reduz os inchaços. Além disso, auxilia na quebra de gordura e contribui também para a formação de colágeno — proteína que deixa as células mais unidas e firmes.

Para melhores resultados, recomenda-se de 10 a 15 sessões de carboxiterapia — com intervalo de 15 dias entre elas. Podem aparecer manchas roxas após as aplicações, mas elas desaparecem sozinhas.

Em quais áreas o tratamento pode ser feito?

A vantagem é que a carboxiterapia pode ser aplicada praticamente em todo o corpo. Veja abaixo:

  • rosto — para suavizar olheiras, rugas e cicatrizes como a de acne;
  • pescoço — para reduzir flacidez;
  • abdômen, coxas, nádegas, costas e parte interna dos braços — no tratamento de celulite, estrias, gordura localizada e flacidez;
  • mamas — no tratamento de estrias.

Qual a importância de procurar uma clínica de estética especializada?

Como você pode ver, é uma técnica que pode apresentar bons resultados, deixando a pele mais lisa e uniforme. No entanto, é fundamental que você procure uma clínica de estética especializada, onde a carboxiterapia é realizada sob supervisão médica.

A precaução é por causa da agulha — ela precisa ser aplicada na região correta para evitar qualquer dano à sua saúde.

É importante deixar claro, ainda, que o procedimento é contraindicado para gestantes, pessoas com doenças cardíacas e pulmonares, com infecções na pele, com trombose arterial, entre outros casos clínicos. Por isso, é essencial a avaliação médica antes do tratamento estético.

Agora você já sabe que pode ficar com a pele mais bonita com as sessões de carboxiterapia. Os resultados desse tratamento podem ser ainda melhores quando ele é associado a outros tratamentos, como a drenagem linfática, e a hábitos saudáveis!

Ficou interessado em combater celulites e estrias com essa técnica? Então entre em contato conosco e agende uma avaliação!

Sem Comentários

Cancelar