Como elevar a autoestima feminina? Aprenda dicas aqui!

Você já deve ter percebido que ser mulher não é nada fácil. São muitas cobranças e exigências a serem cumpridas, tanto pessoais quanto sociais. E todo esse peso recai exatamente sobre os ombros da nossa autoestima, que acaba ficando cada vez mais fragilizada.

Na verdade, a autoestima feminina não significa se achar a Mulher Maravilha o tempo todo, mas entender e se aceitar exatamente como se é. É como ter um relacionamento íntimo consigo mesma. E se engana quem acredita que, para ser uma pessoa que valha a pena, é necessário atingir a perfeição, ter qualidades e talentos extraordinários e nenhum defeito.

Claro que a ditadura da beleza atual e as atribuições do mundo moderno acabam prejudicando a visão que temos sobre nós mesmas. Mas é exatamente esse o problema da autoestima, não é como os outros nos veem, mas como nos enxergamos.

Como identificar uma autoestima fragilizada

A autoestima é formada a partir das nossas experiências e relações pessoais ao longo de nossa vida, por isso, fatores como machismo, comparações, relacionamentos abusivos, depressão e falta de cuidados com o próprio corpo interferem diretamente em nossa aceitação pessoal.

Dentre as características de uma baixa autoestima, podemos citar:

  • a incapacidade de tomar decisões, normalmente por uma necessidade constante em agradar aos outros. Dessa forma, aceitar as ideias e opiniões alheias torna-se mais fácil do que defender as suas;

  • a autodepreciação por se achar incapaz ou inferior aos demais e que acaba por ocasionar uma necessidade de comparação a outras mulheres;

  • a falta de autoconfiança que, por vezes, leva a um ciúme exagerado ou medo da rejeição.

Como elevar a autoestima feminina

1. Aceite-se exatamente como você é

Melhorar a autoestima não é ir em busca da perfeição, pelo contrário, é ficar absolutamente à vontade sendo você mesma. Os erros são necessários para todo aprendizado, por isso, antes de se criticar por errar, procure refletir e tirar valiosas lições para evitar cometê-los novamente. Alimentar a culpa e autopiedade só farão com que você se sinta cada vez menos capaz.

2. Apaixone-se por você mesma

Parece clichê, mas não há melhor forma de estar bem consigo mesma do que tirar um tempo para se descobrir. Lembra daquele sentimento bom quando se está apaixonada? Volte isso para você mesma. Gaste mais tempo com você, fazendo atividades que lhe dão prazer! Reservando um momento só seu, seja para meditar ou cuidar da aparência. Aproveite para praticar exercícios físicos regularmente e ter boas noites de sono.

3. Evite comparações

Cada ser humano é único, não adianta querer se comparar a outras mulheres. Isso só demonstra o quanto você não se aceita. Aproprie-se de quem você é e da sua história, e orgulhe-se disso!

4. Empodere-se

Nunca as mulheres tiveram tanto poder quanto no século atual. Liberte-se também dos tabus que você mesma se colocou. Se o seu cabelo não é tão sedoso quanto da celebridade da propaganda de shampoo ou o seu corpo anda flácido para aquele biquíni das passarelas, desencane e ame-se exatamente como você é.

A pessoa a quem você precisa agradar é a si mesma, então rompa com os estereótipos da sociedade. Até porque, acredite, aquela celebridade também tem seus próprios dilemas internos.

5. Descubra-se

Infelizmente, não existe uma chavezinha no seu inconsciente que você possa acionar agora e mudar a forma como tem se visto ao longo desses anos. Mas a mudança de visão é um exercício contínuo de descobertas. Por isso, faça uma lista com suas qualidades e conquistas, e deixe sempre por perto para ler quando estiver se esquecendo de quem você é de verdade.

A autoestima feminina é algo que toda a mulher deve cuidar para garantir o seu bem-estar e melhor qualidade de vida. E, acima de tudo, respeite suas limitações e reconheça suas fraquezas. Você não é uma supermulher e nem precisa ser.

Mas antes de correr para perguntar ao espelho se existe alguma autoestima feminina mais elevada que a sua, siga-nos nas redes sociais e continue recebendo nossas dicas e informações! Estamos no Facebook, Instagram, Youtube e Google+!

Sem Comentários

Cancelar